Como Ser um Bom Goleiro de Futsal

Como Ser um Bom Goleiro de FutsalSer goleiro é realmente algo bastante trabalhoso e sempre será a mais julgada posição entre todas as outras do futebol. E se ser goleiro de campo já é complicado, imagina então ser goleiro de futsal? O goleiro de futsal não precisa ser tão alto quanto os goleiros do futebol de campo, aliás, a altura muito avantajada pode até atrapalhar um pouco, principalmente pelo fato do gol de futsal ser bem menor. Às vezes, um goleiro de baixa estatura faz mais sucesso do que os gigantes, pelo menos nas quadras. E se você quer saber como se tornar um bom goleiro de futsal, leia o nosso artigo e aprenda algumas dicas para se tornar um grande goleiro. Pode ser para as peladas entre amigos ou até para tentar se profissionalizar.

1. Tenha um grande reflexo. O goleiro de qualquer esporte tem que ter um bom reflexo. No futsal ele tem que ter o dobro desse reflexo, pois o espaço de jogo é bem menor e o chute pode vir de qualquer lado. Por isso, é bom que você aprimore ainda mais o seu reflexo nos treinos.

2. Seja rápido. Ser rápido é outra característica bem importante para o goleiro de futsal. E não é só ser rápido nos reflexos, como dissemos. Ele tem que ser rápido em todos os sentidos, como: reposição de bola, pensamento nos toques, entre outros fundamentos.

3. Saiba jogar com os pés. O goleiro de futsal é praticamente obrigado a jogar com os pés, pelo fato dos recuos não serem permitidos. O toque de bola tem que ser bastante refinado e os chutes também, pois em qualquer momento você pode ter a chance de fazer um gol, mesmo da sua área.

4. Não fique saindo toda hora do gol. Quando a outra equipe estiver com a bola no pé, evite ficar saindo do gol, pois isso vai facilitar o gol do adversário. Ficar embaixo da sua meta complica bem mais os outros jogadores, pois o ângulo deles fica bem mais reduzido.

Essas são algumas dicas para que você se tone um bom goleiro de futsal. Seja de brincadeira ou até mesmo profissional. Siga as nossas dicas e veja como irá se sair.