Como Processar Uma Loja Virtual

Como Processar Uma Loja VirtualPessoas interessadas em processar lojas virtuais se tornou um problema corriqueiro nos últimos tempos, infelizmente. Com o advento da internet, houve o boom do e-commerce e, consequentemente, o não cumprimento de obrigações banais por parte dos fornecedores e prestadores do serviço.

Dentre as mais variadas reclamações estão entrega fora do prazo (com atraso) ou ainda a não entrega, produto defeituoso ou diferente do pedido (como exemplo, tênis em numeração diferente, roupa em cor diferente da solicitada etc.) e em alguns casos, irregularidade na cobrança do produto ou do frete (muitas vezes abusivo).

Para tantos problemas em um ramo que muito cresce, a solução que grande parte dos consumidores encontrou foi recorrer à justiça para reaver seus direitos. Recomenda-se sempre a negociação com o prestador do serviço antes de qualquer coisa. Tenha voz na negociação. Se você se sentiu lesado, entre em contato com a própria loja virtual e reclame seu dinheiro de volta, se este for o caso. Se não houver possibilidade de negociação, ou se a empresa se recusar a entrar em um acordo, o órgão que deve ser procurado neste caso é o PROCON.Como Processar Uma Loja Virtual

O Procon irá lhe auxiliar na conversação com a empresa e exigir o ressarcimento dos danos, tanto materiais, como o dinheiro investido sem o retorno esperado e prometido, e dos danos morais, como em muitos casos, trata-se de ocasiões festivas, nas quais o objeto comprado seria um presente e uma vez o prazo estourado, a pessoa fica em uma situação delicada. Tal negociação pode durar alguns meses, mas quase nunca chega a isso, uma vez que as empresas estão preocupadas com a sua imagem e em manter seus clientes. Na maioria das vezes cedem na primeira negociação.

A chave é negociar sempre. A loja virtual não quer perder seus clientes, então irá te ouvir.