Como Prevenir uma Gravidez

Como Prevenir uma GravidezÉ sempre complicado ter uma gravidez indesejada, principalmente, quando não há preparo emocional e econômico para receber um bebê. Para ter um filho é preciso planejamento e preparo, não é simplesmente fecundar, esperar nove meses, abrir os braços e amar o bebê, afinal, ele precisa de cuidados e esses cuidados, podem ser muito caros.

Existem muitas formas de prevenir uma gravidez, aprenda aqui algumas delas.

1. Se conheça. É sempre muito importante se conhecer, saber os dias de sua menstruação ou de ovulação. É claro que o método da tabelinha pode ser falho, pois muitas mulheres possuem um ciclo irregular ou que engravidam mesmo fora de seu período fértil. Sem contar que mesmo uma mulher regulada pode sofrer alterações em seu ciclo, devido a estresse, ansiedade e nervosismo. Primeiro você precisa saber quantos dias dura o seu ciclo, contando desde o primeiro dia de uma menstruação até o dia anterior da próxima, o que pode variar entre 28 e 32 dias. A ovulação ocorre na metade desse ciclo, por exemplo, se seu ciclo dura 30 dias, a ovulação ocorrerá 15 dias depois de sua menstruação. Com essa informação, evite relações quatro dias antes e quatro dias depois de sua ovulação.

2. Se cuide antes. A maioria dos métodos contraceptivos previnem a concepção muito antes da relação, como a pílula ou a injeção  anticoncepcional, que inibem a fertilidade da mulher ou o diafragma que é colocado no colo do útero com espermicida e barra o esperma depois da relação ou como o DIU (dispositivo intrauterino), que com um fio de cobre, também tem efeito espermicida.

3. Se cuide na hora. Durante a relação é sempre bom tomar cuidado, então, caso não faça proteção anterior, use camisinha, sendo ela feminina ou masculina. Também existe um método muito usado é chamado coito interrompido, onde o homem retira o pênis da vagina na hora da penetração e ejacula fora, mas é ineficiente já que nem todo homem tem controle de sua ejaculação e ainda existem dúvidas sobre a existência de espermatozoides nos líquidos que o homem libera durante a relação.

4. Recorra a métodos de emergência. Caso você não tenha se prevenido, existem formas de reverter o processo, como a pílula do dia seguinte, que deve ser administrada nas 72 horas após a falha ou o DIU que também deve ser inserido entre 72 horas.

5. Evite pra sempre. Existem métodos contraceptivos cirúrgicos, que bloqueiam completamente a possibilidade de engravidar, são a laqueadura feminina e a vasectomia masculina, que cortam as vias que transportam os óvulos e espermatozoides. Essa é uma prática sem reversão, então, deve-se ter muita ter certeza do que fazer.

O importante é não deixar de se prevenir, afinal, filho não é brincadeira.