Como Preencher um Cheque

Aqui está um resumo sobre como escrever um cheque e lidar com uma conta corrente com cheques que evitará você de ser chamado de caloteiro. Um cheque escrito corretamente, com fundos, é uma ordem escrita que instrui um banco a pagar a quantia indicada no cheque, à uma pessoa ou organização.

O uso de uma conta corrente com cheques tem várias vantagens. Você pode evitar ter de carregar grandes somas de dinheiro com você, ou o esconder em seu quarto. Os cheques fornecem um recibo automático útil, como documento legal. A conta fornece um registro de pagamentos e os cheques podem ser enviados de forma segura através do correio. O problema pode surgir quando você não tem dinheiro suficiente em sua conta corrente para cobrir seus cheques. Isso pode levar a perda de privilégios relacionados com sua conta corrente – punição administrativa, e até mesmo o cancelamento do serviço. Para evitar que isso aconteça, há algumas coisas básicas que você precisa saber.

Primeiro, há três partes de um cheque: o emitente – a pessoa que escreve um cheque e assina; o sacado – o banco sobre o qual o cheque é passado, e o beneficiário – pessoa a quem o cheque é pagável.

Escrevendo o cheque

1. O número de cheque: se seus cheques não estão numerados, certifique-se de numerá-los. Sem números, é difícil manter registros e registrar o saldo do seu talão de cheques. Escreva o número do cheque em sua página de registro, também.

2. A data: o cheque pode ser datado em um domingo ou feriado, mas não escreva uma data futura no cheque. Os bancos não estão autorizados a pagar tais cheques.

3. O beneficiário: destine sempre um cheque para uma pessoa específica ou empresa (o beneficiário). Não elabore um cheque sem beneficiário, exceto em um banco. Um cheque assim pode ser descontado por qualquer pessoa.

4. O valor: se o valor em números do cheque difere da quantidade declarada, a quantidade declarada é a considerada correta. Às vezes, porém, o banco vai optar por não aceitar o cheque. Para proteger-se contra alterações, escreva a quantia logo ao lado do sinal de cifrão $, e comece a quantidade escrita por extenso o mais próximo possível da margem esquerda. Preencha o espaço não utilizado com uma linha.

5. A assinatura. você deve escrevê-la exatamente como a escreveu no banco quando você abriu a sua conta. Nunca, aliás, assine um cheque em branco. Alguém poderia escrever qualquer quantia e você teria que pagar.

Antes de depositar um cheque, endereçado a você, ou antes de transferi-lo para outra pessoa, você deve assiná-lo nas costas. Isso é chamado de um endosso. O endosso é a assinatura manuscrita da pessoa que recebe o cheque.

Tipos de endosso

1. O endosso em branco – que exige apenas a sua assinatura – permite descontar ou depositar o cheque na sua conta. Se o cheque é extraviado, porém, que o achar pode descontá-lo. Se seu nome está incorreto ou incompleto no cheque, escreva o seu primeiro endosso da mesma maneira incorreta. Assine o seu nome, da maneira correta, na parte inferior do cheque – a assinatura que você usa normalmente em documentos bancários.

2. O endosso especial – aqui você endossa o cheque para outra pessoa, o que permite essa pessoa, depois, de também assinar, descontar ou depositar o cheque.

3. O endosso qualificado (sem recurso) transfere titularidade para um cheque, sem fazer o endossante responsável pelo pagamento do cheque.

4. O endosso restritivo especifica o que deve ser feito com o cheque e, portanto, limita mais endossos e controla o pagamento final. Tenha em mente que quando você endossa um cheque e o deposita em sua conta o dinheiro não estará disponível imediatamente. O cheque deve ser enviado para o banco que tem a conta da qual o cheque foi originalmente escrito. Se esse banco é em outra cidade, pode demorar alguns dias para o dinheiro ser colocado em sua própria conta. Pergunte ao seu banco quanto tempo vai demorar, assim você saberá exatamente quando você poderá passar um cheque fiando-se naquele depósito.

Nunca emprestar ou pedir emprestado um cheque pessoal. Não importa quão cuidadosamente você traçar linhas sobre os títulos e os números originais, as máquinas que processam a conta ainda leem a impressão original. Isto significa que se você deixar outra pessoa usar seu cheque, o dinheiro pode ser retirado da sua conta, sejam quais forem as suas intenções. Sempre use seus próprios cheques, ou um cheque em branco, se necessário.