Como o Brasil foi Descoberto

Como o Brasil foi DescobertoSe você ouviu aquela velha estória do vento que mudou a rota de Cabral e o fez parar em solo nacional, esqueça. Vamos a verdadeira história.

Américo Vespúcio foi o descobridor do continente americano (Américo, América, percebe a semelhança?) há anos antes do descobrimento do Brasil.

Quando as caravelas portuguesas de Cabral aportaram em terras brasileiras, nada foi feito por 30 anos, foi apenas em 1530 que iniciou-se o processo de colonização.

Nestes primeiros 30 anos, conhecidos como período pré-colonial, o governo português não traçou um plano de ocupação da nova terra, limitando-se a explorá-la periodicamente e defendê-la das invasões estrangeiras.

Essa inércia deu-se, pois os interesses mercantilistas da época não estavam em conformidade com a exploração do Brasil (naquele período), afinal a produção de subsistência dos índios não interessava ao comércio português. Como o Brasil não tinha uma estrutura de comércio organizada e imediata, os esforços se voltaram para o comércio asiático.

Porém o litoral brasileiro apresentava vantagens para as navegações, era um ponto de reabastecimento e reparo das naus que se dirigiam para o Oriente.

O primeiro produto a ser explorado foi o pau-brasil, suas propriedades tintoriais e a madeira usada em construções navais chamaram a atenção não só de Portugal, mas também de outros países como a França, a facilidade de contrabando também chamava a atenção de diversos países.

Para retirar a madeira com baixo custo, os portugueses praticavam o escambo com a população indígena local, o Brasil só começou a ser estruturado como colônia (se é que se pode estruturar uma colônia) após 1530 para facilitar a exploração da cana de açúcar no litoral do país.