Como Montar uma Clínica de Estética

Como Montar uma Clínica de EstéticaEsteticistas são treinados para cuidar da beleza das pessoas e são verdadeiros especialistas do cuidado com a pele, possuindo licença para executar uma variedade de tratamentos estéticos, como manicures, pedicures, peelings químicos, microdermoabrasão, tratamentos a laser, tratamentos faciais e depilação. Se você é apaixonado por cuidados com a pele, começar um negócio em casa de estética pode revelar-se lucrativo. Primeiro, ganhar experiência de trabalho no ramo e, então, estabeleça uma clientela.

1. Ganhe de Formação e Experiência. Avalie a concorrência local para determinar como você pode competir. Olhe para todos os serviços que não estão sendo fornecidos, tais como peelings químicos, microdermoabrasão, manicure, pedicure, depilação, aromaterapia, etc. Determine se esses serviços valem o seu tempo e dinheiro na aquisição do treinamento e certificações necessárias para realizá-los. Também garanta que esses procedimentos podem ser feitos dentro da sua casa.

2. Aprenda as regras de zoneamento locais para operar um negócio dentro de casa. Se sua casa é alugada, você também vai precisar entrar em contato com os responsáveis pelo seu imóvel para garantir que você não vai estar em violação de quaisquer regras do proprietário. Por exemplo, a sinalização do seu negócio no quintal pode ser limitada a um determinado tamanho. Se as regras estiverem te impedido de ter clientes em casa, você vai precisar alugar uma sala.

3. Contate o órgão responsável pelo licenciamento de centros estéticos da sua região  para aprender os requisitos de liberação de licença, requisitos de formação e também no âmbito dos procedimentos que você pode oferecer com licença. Busque sempre escolas respeitáveis, aprovadas pelo estado para que possa obter a sua formação.

4. Obtenha a formação necessária para os serviços que você pretende oferecer. No mínimo, você vai precisar de pelo menos 600 horas de treinamento para se tornar uma esteticista. Tratamentos a laser e microdermoabrasão pode exigir treinamento adicional. Enquanto estiver na escola, se concentre em obter uma vantagem sobre a concorrência e estabeleça o seu nome entre os profissionais da área. Fale com cirurgiões plásticos e dermatologistas locais para obter informações sobre estágios ou oportunidades de voluntariado.

5. Obtenha um emprego trabalhando em um spa clínica salão de beleza, pelo menos por meio turno, depois que você se formar. Tome nota das operações, atendimento ao cliente, preços, serviços oferecidos, a freqüência de tratamentos e meios utilizados de marketing, tais como onde o seu empregador anuncia. Observe a equipe de vendas; profissionais autônomos também devem ser vendedores.

Comece seu negócio

6. Está na hora de abrir seu negócio! Crie um nome para o seu negócio. Em seguida, obtenha um CNPJ para sua empresa.

7. Organize sua casa para transmitir profissionalismo. Estabeleça onde será o seu escritório e a sala de tratamento, de preferência separada do resto da casa. Considere partições para manter a privacidade e separar seu negócio. Não esqueça o resto de sua casa. Mantenha a sua casa inteira e quintal limpos e organizados.

8. Compre uma mesa, lençóis, toalhas, travesseiros, móveis, suprimentos de beleza, equipamento de esterilização, software de contabilidade, um serviço de atendimento, cartões de visita e panfletos. Comprar produtos de cuidados da pele para revenda.

9. Anuncie seu negócio. Crie atraentes cartões postais e envie-os para os bairros vizinhos. Compre um site que detalhe seus serviços, horários de funcionamento e taxas. Participe de exposições locais, eventos da igreja, eventos musicais e mostras de arte.

Dicas:

  • Envie aos clientes lembretes regulares para acompanhamento tratamentos. Enviar cartões de aniversário, como forma de gerar fidelidade.
  • Certifique-se de que todos os membros da família compreendem a importância de operar um negócio profissional e saiba que eles vão precisar evitar a interrupção enquanto você está trabalhando.
  • Considerar aceitar pagamento virtual, que permite que seus clientes façam pagamentos via cartão de crédito, sem que você precise configurar uma conta de comerciante.