Como Montar um Plano de Aula

Como Montar um Plano de AulaO plano de aula é usado para orientar o professor. Se não houver este planejamento as aulas podem ficar sem sentido e o que é pior, sem objetivo algum.

Cada aula pede um plano diferente que deve conter todas as informações sobre o que será dado, as atividades, a metodologia, os materiais utilizados e a avaliação do rendimento dos alunos.

Disciplina: Qual disciplina será trabalhada com os alunos, que abrangem o conteúdo a ser exposto: Língua Portuguesa, Inglês, Geografia, História, Matemática, Física, Biologia, Filosofia, etc. E os temas transversais se houver. Os temas transversais são trabalhados em conjunto com outras disciplinas, por exemplo: Biologia – Sexualidade ou Filosofia – Ética. No campo disciplina isso já deve estar demonstrado.

Conteúdo: O que será trabalhado especificamente em sala de aula. Colocar apenas a disciplina é muito generalizante, dentro de uma matéria temos diversos tópicos a ser trabalhados, por exemplo: língua Portuguesa – Produção de Texto, Sintaxe, Morfologia, Interpretação Textual, etc. O conteúdo deve ser portanto segmentado, isso ajudará o professor a prosseguir com a matéria pois ele saberá exatamente o que foi lecionado em sala lendo os planos de aula.

Objetivo: O que o aluno irá aprender nesta aula. O objetivo portanto, não é o do professor e sim o que o aluno deverá saber após o término da aplicação do conteúdo, por exemplo, se o conteúdo for sintaxe o objetivo será reconhecer as diferentes construções das orações, bem como os elementos que as constituem como os complementos verbais e nominais.

Metodologia: É a descrição de como será lecionado o conteúdo.
Deve conter quais atividades foram realizadas em aula, de que maneira (em grupo, individualmente, com entrega para o professor) e qual a forma utilizada para avaliar o aprendizado. Não esqueça de marcar quais foram as suas ações: supervisão, correção, exposição do tema tratado, vistos e etc.

Recursos: Quais materiais foram usados em aula, por exemplo: filmes, música, material xerocopiado, apostilas, livros, textos, slides, etc.

Avaliação: Quais foram os resultados obtidos, com base no objetivo traçado.

Seja sincero na avaliação, se o tema deverá ser retomado na próxima aula deixe isto explicitado para que você possa se orientar depois. Para uma melhor avaliação a opinião dos alunos também conta, questionar os estudantes sobre o nível de entendimento da matéria é a melhor forma de sair do “achismo” ter uma opinião concreta sobre o andamento da aula e rendimento dos alunos.