Como Incentivar Alunos Desinteressados

Como Incentivar Alunos DesinteressadosEnsinar é uma carreira gratificante para muitas pessoas, no entanto, pode se tornar frustrante quando você tem dificuldade em ajudar os alunos desmotivados. Para motivar os alunos desinteressados, você deve pensar de forma criativa e incorporar novas estratégias. Siga estes passos e veja como melhorar a rotina escolar desses alunos.

1. Recompense seus alunos para participem na aula. Estas recompensas não precisam ser extravagantes, um “bom trabalho” simples é muitas vezes suficiente para fazer um aluno se sentir grande. Quanto mais o aluno experimenta essa sensação interna de realização, mais motivado ele se tornará.

2. Estabeleça uma conexão com seus alunos. Um professor que faz os alunos se sentirem confortáveis ​​e confiantes cria um ambiente seguro. Os alunos precisam se sentir seguros, pois eles precisam entender que não há problema se derem uma resposta errada.

3. Crie oportunidades para a participação dos alunos. Não basta palestrar para seus alunos – é preciso incentivar sua participação. Modifique planos de aula para fazer atribuições mais ativa e envolventes. Você pode transformar uma aula expositiva em uma discussão de classe ou um jogo? Uma lição energética que mantém os alunos envolvidos é uma ótima maneira de motivá-los e ajudá-los a aprender.

4. Dê aos alunos escolhas. Eles precisam sentir que têm algum poder e controle sobre sua experiência educacional. Incorpore um grau de flexibilidade em seus trabalhos de modo que os alunos possam escolher a forma de participar e, assim, se sentirem envolvidos ativamente. Para atribuir uma nota extra, deixe-os fazer projetos sobre assuntos que lhes interessam, mesmo se eles não fazem parte de estudo da classe regular.

5. Peça aos alunos para trabalharem em conjunto. A maioria das pessoas gosta de passar tempo com outras pessoas. A elaboração de projetos como parte de uma equipe dá aos alunos a chance de sentirem-se parte de algo e pode motivar os alunos preguiçosos a contribuírem mais.

6. Dê exemplos que façam as lições se relacionarem com a vida dos estudantes. Se eles entendem como algo os afeta pessoalmente, estarão mais propensos a prestar atenção à lição. Pegue eventos da cultura pop e do jornal, e faça a classe analisá-los.