Como Fazer Uma Piscina

Como Fazer Uma PiscinaTer uma piscina é um desejo de muitas famílias, provavelmente de todas. Além de ser uma ótima saída de lazer, também serve para relaxar. O problema é que é um investimento que requer muitos gastos e que, se não for feito da melhor forma, lhe trará muitas dores de cabeça.

Tem esse desejo e quer realizar? Aprenda como fazer uma piscina.

1. Contrate um arquiteto. O arquiteto fará o melhor projeto para o seu tipo de terreno, verá as melhores de formas de fazer as instalações elétricas, hidráulicas e a iluminação. Diga a ele o que você procura para a sua piscina e ele colocará no projeto o que for mais viável. Não se esqueça de verificar o CREA dele, que é o número do cadastro junto ao Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura, órgão que permite que arquitetos e engenheiros exerçam sua função legalmente.

2. Contrate um bom pedreiro ou uma boa prestadora de serviços. Você pode escolher um pedreiro para executar o projeto ou contratar uma empresa especializada em instalação de piscinas.

3. Analise. Você precisa analisar o seu solo, se ele suporta fundação para uma piscina e quanto ele aguenta. É bom evitar que seja muito profunda, se puder, fique no máximo no 1,60m, para não enfraquecer o solo. A área em que a piscina ficará deve ter o dobro da área da própria piscina, para ter uma pequena área de lazer e espaço para transitar.

4. Verifique o sol. O sol é um dos pontos mais importantes para escolher o melhor local da piscina. Deve ser um lugar onde o sol bate frequente, bem aberto, sem muitas árvores por perto, principalmente, as que soltam folhas frequentemente.

5. Escolha o melhor tipo de piscina. A sua piscina pode ser de concreto, que deve ser o método mais caro, mas que bem feito, possui um dos melhores acabamentos, sem contar que essa versão pode ser personalizada de acordo com o seu gosto. Você pode fazer uma de vinil, que tem uma base de alvenaria que é revestida com PVC, o vinil, e também pode ter um formato específico, mas é uma versão muito frágil, que pode sofrer furos e cortes com objetos pontiagudos. A versão mais procurada hoje em dia é a fibra de vidro, por ser mais barata e fácil de instalar, mas todas possuem modelos pré-moldados. A opção é sua.

6. Faça a escavação. Essa é uma das partes mais importantes do processo e deve ser feita com muito cuidado e com os devidos materiais. Ela deve ser de acordo com o tamanho da piscina, um pouco maior do que o tamanho desejado. Não se esqueça de fazer os buracos para o sistema de filtragem e drenagem, nem do local em que a bomba será instalada.

7. Faça a armação ou coloque a piscina. Se você optou pela piscina de fibra de vidro, agora é a hora de colocá-la no buraco escavado, mas faça sempre de acordo com o projeto. Se preferiu fazer de alvenaria ou vinil, é hora de levantar as paredes, como se faz em uma laje, colocando madeira em volta de vigas e enchendo de cimento. Depois de seco, é preciso retirar as madeiras e fazer a impermeabilização, com manta asfáltica ou tinta impermeabilizante.

8. Instale a bomba e o sistema de filtragem. Agora você precisa colocar todos os canos no lugar e instala-los juntamente com a bomba, que é o que faz com que a água da piscina circule e seja filtrada constantemente, evitando sujeiras e problemas de água parada.

9. Decore. Você pode usar pastilhas de vidro, de cerâmica e azulejos para dar mais vida a sua piscina. Sem contar que você pode colocar detalhes como cascata, escadas e apoios, tudo para tornar o ambiente mais belo e agradável.

10. Trate. Você precisa sempre tratar a água da piscina, com produtos como o cloro ou fazer uma instalação de filtro de ozônio, o que evita o uso desse mesmo produto.