Como Fazer um Pacto com o Diabo

Como Fazer um Pacto com o DiaboAlgumas pessoas desejam fazer um pacto com o Diabo para conseguir bens materiais, sucesso na vida, sucesso no amor, entre outros motivos.

Seja lá qual for seu desejo, o pacto sempre consiste em fazer uma troca, neste caso sua alma fica com o Diabo e suas vontades são atendidas.

Logo, a troca consiste (segundo a filosofia cristã-judaica-ocidental) no bem estar na vida material pela desgraça na vida espiritual.

Todas as religiões baseadas no cristianismo pregam exatamente o contrário, a fé na felicidade espiritual em detrimento à vida material, que em geral é abalada por profundos sofrimentos e frustrações. Se você acredita na filosofia cristã, a contradiz fazendo um pacto satãnico, mas isso não quer dizer que você não acredite nela.

Durante séculos as pessoas procuraram este tipo de pacto para alcançar as benéces descritas acima, isso é o que diz a Igreja católica, mas há controversias, afinal este argumento foi muito utilizado no período medieval para condenar pessoas à fogueira no período da Inquisição e acabou virando quase um mito da cristãndade. Hoje a história já comprovou que estes argumentos muitas vezes eram falsos, pois a Igreja os utilizava para eliminar inimigos pessoais, por exemplo.

Conclui-se portanto que ao fazer um pacto com o Diabo você pode ou estar entrando na maior roubada caso céu e inferno realmente existam ou não fazendo nada além de um ritual vazio e sem resultado nenhum caso essa coisa de eternidade seja só invensão, arriscar fica por sua conta.

Muitos rituais já foram descritos, aí vai uma sugestão:

Materiais:

3 velas (uma branca, uma negra e uma vermelha)

1 folha de pergaminho

Ccaneta pena para escrever

1 agulha virgem

2 incensos de sândalo

1 imagem pentagrama invertido

Taça cheia com vinho tinto

1 caneta normal cor preta

1 sino

1 prato raso que suporte fogo

Se prepare:

Não esteja bêbado nem use drogas antes de fazer o ritual, você deve se preparar com pelo menos uma semana de antecedência.

O ritual deve ser na lua cheia. Use uma roupa totalmente preta e não faça sexo ou se masturbe nos 3 dias que antecedem o ritual.

Tome um banho de sal grosso antes.

O altar para que seja feito o ritual não pode ser à altura do chão, deve ser algo mais elevado, como uma mesa por exemplo. Você não pode ser interrompido e fazer tudo até o fim de forma correta para dar certo.

Iniciando o ritual:

Coloque o vinho tinto no cálice, acenda as velas, acenda os incensos e pegue no sino.

Você deve pôr o pentagrama de frente para o altar (cole na parede) e subir em cima dele. As velas devem ser posicionadas da seguinte forma: a negra no centro, a branca do lado esquerdo e a vermelha do lado direito, formando um triângulo.

Invoque o Diabo e tome um gole do vinho.

Renuncie à Deus e proclame Lúcifer como o seu mestre e senhor da Terra. Faça isto 3 vezes.Tome um gole do vinho.

Blasfêmia: Fale o Pai-nosso invertido (lido de trás para frente), estude bem antes de fazer, não dá para errar na hora. Repita 3 vezes. Tome um gole do vinho.

Escreva no pergaminho o pacto e assine com seu sangue. Para fazer isso fure o dedo com a pena e pegue deste sangue para escrever.

Repita o pacto 3 vezes. Queime o papel na vela negra enquanto repete o pacto mais 3 vezes. Quando o papel estiver queimado, repita o pacto mais 3 vezes.

Para encerrar o ritual, faça a oração à Lúcifer e toque o sino 9 vezes.

Oração: “Senhor Lúcifer, Mestre do Mundo, Senhor do Ar, Mestre da Terra, Lúcifer, Agradeço pela sua gloriosa presença. Esteja sempre comigo. Obrigado por ter aceito este pacto. Agradeço a presença dos mestres Satan, Astaroth, Beelzebu, Asmodeus, Abbadon, Azazel, Belial, Leviathan, Baal-Beryth, Verrine, Flereous, Aqui encerro este ritual, feliz e satisfeito, Salve Lúcifer, Amem.”

Lembre-se, depois de tudo isso não há mais volta.