Como Fazer um Fluxograma

Como Fazer um FluxogramaFluxograma é um tipo de diagrama, pode ser entendido como uma representação esquemática de um processo, muitas vezes feito através de gráficos que ilustram de forma descomplicada a transição de informações entre os elementos que o compõem. Podemos entendê-lo, na prática, como a documentação dos passos necessários para a execução de um processo qualquer. Fluxogramas são bons para mostrar um projeto Nesse artigo você irá aprender como fazer um fluxograma no Power Point, programa incluso no Windows Office. Com  esse programa, você pode criar apresentações eficazes, mas a maioria dos usuários não está familiarizada com os fundamentos da criação de fluxogramas.

1. Mude o layout da página. Abra o Power Point clique com o botão direito do mouse sobre a página, vá até “Layout” e clique em “Em branco”.

 2. Ative as grades para orientar-se.  As grades lhe servirão como orientação para o posicionamento das imagens. Para ativar as grades você deverá clicar com o botão direito do mouse na página e depois em “Grades e Guias”. Na janela que abrirá, marque a caixa “Exibir Grade na Tela” e clique em “OK”.

3. Escolha as imagens.  Para acessar os objetos do fluxograma, clique em “Formas”. Ao clicar sobre o objeto escolhido, não acontece nada. Devemos clicar sobre o slide no local onde queremos que o objeto fique posicionado, assim ele pode facilmente ser arrastado para outro local. Os objetos são em formas de circulo, retângulo ou quadrado, você deve escrever textos dentro deles.

 4. Escreve os textos indicativos dentro dos objetivos. Para inserir texto dentro do objeto, basta clicar com o direito do mouse sobre ele e escolher a opção “Editar Texto”. Em seguida, você pode digitar qualquer texto dentro do objeto.

 5. Nomeie os outros objetos. Seguindo o procedimento 4, coloque textos nos demais objetos, formando assim uma sequência. Exemplo: Início, Passo 1, Passo 2, Passo 3, etc.

 6. Ligue os objetos usando conectores. Lembre-se sempre de usar conectores ao invés de linhas. Conectores são ligados aos objetos para que eles sejam mais fáceis de organizar. Clique em “Formas” depois em “Linhas” escolha a seta que mais se adequar ao seu fluxograma.

Estes passos devem ser suficientes para você começar a criar seus próprios fluxogramas. Existem muitos outros tipos de objetos disponíveis, portanto, certifique-se de escolher o tipo correto para cada uma de suas operações. Você também pode editar a aparência dos objetos clicando com o botão direito do mouse sobre elas e selecionando a opção “Formatar Forma”.