Como Fazer Simpatia para o Amor

Como Fazer Simpatia para o AmorEnquanto muitas pessoas afirmam não acreditar em simpatias, outras juram de pés juntos que elas dão certo, pelo sim pelo não, não custa nada tentar, afinal uma ajudinha no amor é sempre bem vinda.

Vale lembrar que as simpatias pertencem a chamada “magia branca” que se contrapõe a “magia negra”, por isso os rituais são mais simples e muito ligados a elementos da natureza, seres como anjos e outros símbolos.

Porém saiba que para que a simpatia funcione é preciso levá-la a sério e ter fé nos resultados ok.

Simpatia para conquistar a pessoa amada

Escreva em 7 pedaços de papel branco o nome da pessoa amada. Depois, pegue 7 romãs e faça furo em cada uma.

Enfie cada papel com o nome da pessoa amada numa romã, ou seja, sete pedacinhos de papel em sete romãs. Mais tarde, às 18 horas, jogue as romãs, num jardim e repita sete vezes:

“Vai romã, vem (dizer o nome da pessoa amada)”

Esta simpatia deverá ser feita apenas uma vez

Simpatia para conquistar um namorado

Numa pequena vasilha branca, ponha algumas gotas de azeite de oliva, folhas de cipreste e algumas gotas de perfume de laranjeira.

Misture tudo muito bem e aguarde.

Toda vez que você sair, passe um pouquinho dessa fórmula sobre as sobrancelhas e, em seguida, leia o Salmo 113, deixando-o aberto sobre a cabeceira da cama

Simpatia para ter felicidade no amor

Você precisará de: Uma vela em formato de casal (unidos

Mel

Canela
Perfume (qualquer aroma)
Pétalas de flores brancas (qualquer tipo flor)
Papel branco
Oração
Recipiente
Como fazer: Em um recipiente coloque as pétalas de flor branca ( pense nos seus pedidos enquanto isso).

Logo em seguida coloque a vela em formato de casal, una os pavios. Coloque canela, mel e por último perfume. Não esqueça de colocar junto o seu nome e o nome da pessoa amada escritos, um sobre o outro. Acenda o pavio e deixe queimar.

Entregue no verde num lugar bem bonito e faça esta Oração enquanto a vela queima:

“Pode ser que um dia deixemos de nós falar, mas em quanto houver amor, faremos as pazes de novo.

Pode ser que o tempo passe, mas se o amor permanecer, um do outro há de se lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos, mas se nos amarmos de verdade, o amor nos reaproximará.

Poder ser que um dia não existamos, mas se ainda sobrar amor, nasceremos de novo um para outro.

Pode ser que um dia tudo acabe, mas com amor construiremos tudo novamente.

Cada vez de forma diferente sendo único inesquecível cada momento que junto viveremos e nos lembraremos para sempre”