Como Fazer o Currículo Perfeito

Como Fazer o Currículo PerfeitoTodo mundo sonha com um bom emprego que possa juntar o seu sustento à sensação de realização profissional e pessoal, mas como nada cai do céu, todo sujeito inserido no mercado de trabalho deve primeiro passar por um processo seletivo e quando falamos em processo seletivo não tem como não pensar em um currículo, afinal é ele a primeira etapa deste processo. Hoje vamos ensinar como fazer o seu currículo.

1.     Mas existe currículo perfeito? – Sim e não. O currículo perfeito existe, mas não é produzido a partir de uma fórmula. Existem pessoas que se convencem de que exista um método que fará do seu currículo um documento impecável para qualquer empresa, mas não é bem assim. As empresas são diferentes e procuram talentos diferentes de acordo com sua própria necessidade e visão, então pode ser que você desenvolva sim um currículo perfeito para uma empresa, mas este mesmo currículo pode não ser tão bom do ponto de vista de outra empresa. O ideal é que você faça uma pesquisa para que consiga entender a empresa e a partir da visão dela você montar o seu currículo. É difícil e muito subjetivo, mas não é impossível. No entanto, tenho umas dicas úteis que são de bom tom para qualquer currículo:
2.     Use uma fonte legível e folha de papel normal – Isso é muito importante. Primeiro porque trata da estética do seu documento. Você até poderia contra argumentar que, em se tratando de estética o ideal seria uma letra bonita com folha bonita, mas não. A letra é importante para que as pessoas entendam o que está escrito. Use sempre a fonte Arial ou a fonte Time New Roman em um tamanho legível. Quanto à folha, ela tem que ser branca. Caso contrário uma folha colorida pode descaracterizar a seriedade do seu trabalho e perfil profissional.
3.     Escreva as coisas certas – Um bom currículo começa com seus dados pessoais. Quando passar ao resumo geral de suas qualificações seja claro e objetivo, defina o tipo de profissional que você é de um ponto de vista que seja interessante para a empresa, mas seja sucinto. O avaliador nunca pode ter a sensação de que você está “enchendo linguiça”.
4.     Resuma sua experiência àquilo que for necessário – E nessa hora a pesquisa da empresa que você fez logo no primeiro passo pode ajudar. Você pode colocar muita experiência em seu currículo, mas também pode omitir algumas menos importantes, isso dependerá daquilo que cada empresa busca.
5.     Tenha cuidado com a quantidade de dados oferecidos – Um currículo nunca deve ter mais que duas (2) páginas. A leitura de um currículo assim exige tempo do agente que está afrente do processo seletivo e tempo é dinheiro, é uma coisa que as pessoas costumam prezar, portanto tome cuidado com isso.
6.     Tenha cuidado também com a foto – Porque ela diz muito a seu respeito. Por exemplo: Se você coloca que é uma pessoas alegre, extrovertida, não pode ter uma foto que pareça ter sido tirada em um velório ou depois de uma briga. Também não estou dizendo que você deve tirar uma foto fantasiado de palhaço, mas opte sempre pela naturalidade ou, se isso realmente te incomodar, busque a neutralidade.

7.     Releia o documento antes de mandar imprimir – É importante checar se todas as informações estão corretas e se não existem erros de português. Observe também se está tudo escrito de forma clara e fique atento ao endereço de e-mail que você forneceu. É sempre bom que você tenha um endereço de e-mail profissional, diferente do pessoal. Alguns endereços, podem descaracterizar sua seriedade, comprometendo a sua imagem perante a empresa