Como Fazer o Cálculo do IPVA

Como Fazer o Cálculo do IPVAOs veículos são parte importante da vida de muitas pessoas, são usados para o trabalho e para passeios. E, como todo tipo de investimento, requer gastos, como manutenção, combustível, licenciamento anual e pagamento de IPVA. O IPVA, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, é cobrado anualmente sobre todos os veículos automotores que possuam registro no Detran.

Para fazer o cálculo do IPVA de  seu veículo, siga esses passos:

1. Descubra o valor venal de seu veículo. O valor venal é o valor de mercado de seu veículo ou de qualquer outro produto. Todo ano, próximo ao mês de dezembro, a Secretaria da Fazendo de cada estado (usaremos o Estado de São Paulo, como exemplo), lança uma tabela com os valores venais dos veículos. Abra esta tabela e procure pela fabricante do seu veículo, logo após, o modelo, que está presente no documento do carro, e o ano de fabricação.

2. Descubra a porcentagem de cálculo do IPVA. Em cada ano e para cada tipo de veículo, existe uma porcentagem de cálculo específica, também fornecida pela Secretaria da Fazenda. Para os carros à gasolina ou biocombustíveis (flex), a porcentagem é de 4%, parar os movido a álcool, gás ou eletricidade, são 3%, para picapes de cabine dupla, também são 4%, para os utilitários, são 2% e para caminhões, 1,5%.

3. Faça o cálculo. Para calcular a porcentagem é bem simples: multiplique o valor venal do veículo pela porcentagem em número decimal (para 4%, use 0,04, para 3%, 0,03, para 2%, 0,02 e 1,5%, use 0,015), por exemplo: 20000 x 0,04 = 800.

Existe um método mais simples, que não requer cálculo: entre no site da Secretaria da Fazenda de seu estado, clique em IPVA e informe o número do Renavam de seu veículo, também encontrado no documento do carro. A própria Secretaria informara o valor.

No mês de dezembro, você receberá uma carta com o valor correto que a Secretaria da Fazenda de seu estado irá cobrar de IPVA. Não existe muita demora, então veja se não vale a pena esperar pela carta.