Como Fazer Molho de Tomate em Conserva

Como Fazer Molho de Tomate em ConservaFazer conserva de molho de tomate é um processo relativamente simples, porém, é necessário seguir cuidadosamente as instruções, certificando-se de uma vedação adequada e segura. Você também precisa adicionar suco de limão, um conservante natural, ao molho para prolongar a vida útil do alimento.

Ingredientes para o preparo:

  • 12 colheres de sopa de azeite
  • 1,8 kg de tomates frescos
  • 4 cebolas médias picadas
  • 1 colher de sopa de sal
  • 1 colher de sopa de pimenta
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • ½ xícara de manjericão fresco picado
  • 6 colheres de sopa de suco de limão

Modo de preparo:

1. Preparando os recipientes. Selecione recipientes de vidro em bom estado. Você vai precisar de cerca de três frascos de vidro de 1 litro, completos, com tampas de vedação de borracha. Todas elas devem estar livres de ferrugem e rachaduras. Lave os frascos e tampas em água quente e sabão. Os frascos devem ser limpos e esterilizados antes de serem usados. Encha uma pia com água quente e detergente neutro. Esfregue bem os frascos e enxágue com água quente. Após lavar os frascos e as tampas, você deve esterilizá-los em água fervente. Encha uma panela grande com água e leve para ferver. Use pinças para mergulhar os frascos e tampas na água. Deixe-as de molho por 15 minutos antes de retirá-las da água usando a pinça. Deixe os recipientes secarem. Você pode deixá-los secar ao ar, colocando-os de cabeça para baixo em um escorredor, ou secá-los com um pano de prato limpo. Não use latas de metal para conservar molho de tomate. A acidez no tomate pode fazer com que o metal libere um produto químico potencialmente nocivo chamado BPA. Use somente frascos de vidro para o molho de tomate.

2. Preparando os tomates. Escolha tomates de boa qualidade. Em geral, os de forma alongada e pequenos, tipo italiano, são os mais indicados para molhos em conserva, pois eles contêm menos água e criam um molho espesso. Independentemente do tipo utilizado, eles devem estar maduros e firmes. Evite os que apresentam rachaduras, rugas e partes amassadas. Ferva os tomates inteiros. Leve uma panela grande de água para ferver. Mergulhe cada tomate em água fervente por 30 a 45 segundos antes de removê-lo com uma colher ou pinça resistente ao calor. Logo após removê-los da água fervente, eles devem ser mergulhados em uma tigela com água gelada. Isso soltará a pele, tornando-os mais fáceis de descascar. Você deve ser capaz de remover as peles puxando-as para trás com os dedos; se isso não funcionar, você pode deslizar suavemente uma faca afiada entre a pele e a carne do tomate para iniciar o processo. Corte os tomates em metades. Retire as sementes e esprema a água. Segure cada metade sobre uma pia ou tigela. Aperte suavemente a metade para drenar o excesso de água e retire uma boa parte das sementes. Em seguida, use uma colher para remover as sementes remanescentes. Você não precisa remover até a última semente, mas deve tentar retirar a maioria delas. Escorra os tomates. Coloque as metades em uma peneira posicionada sobre a pia ou tigela grande. Deixe-as escorrer por cerca de 15 minutos. Remova o máximo possível de umidade, isso irá resultar em um molho mais grosso, e irá também reduzir a quantidade de tempo de cozimento necessário para criar o molho.

3. Fazendo o molho. Aqueça o óleo dentro de uma panela grande. A panela deve ser grande o suficiente para conter pelo menos 4 litros, para ser possível preparar tudo de uma só vez. Aqueça o óleo em fogo médio-alto. Adicione as cebolas ao óleo quente. Refogue-as de 5 a 10 minutos ou até que dourem. Mexa com frequência para que elas cozinhem uniformemente e não deixe que queimem. Adicione o alho, sal e pimenta. Misture estes ingredientes com a cebola até que fiquem uniformemente distribuídos. Deixe a mistura cozinhar por mais 2 minutos. Adicione o tomate, açúcar e manjericão. Mexa bem o conteúdo na panela. Devido à grande quantidade de tomate, pode ser necessário mexer por alguns minutos antes de ter os ingredientes misturados uniformemente. Reduza o fogo e deixe a mistura ferver. 15 a 30 minutos de fervura devem ser suficientes para “reduzir” os tomates e criar um molho robusto. Pode ser necessário, no entanto, deixar ferver um pouco mais se você quiser uma consistência mais rala. Para um molho de consistência mais fina, deixe o conteúdo ferver até que o volume fique reduzido a 1/3. Para um molho espesso, deixe cozinhar até que os conteúdos estejam reduzidos pela metade. Após o molho atingir a consistência desejada, retire a panela do fogo.

4. Conservando o molho. Coloque um funil na boca de cada frasco. Se você não tem funis suficientes para cada frasco, você pode usar o mesmo funil para todos eles. Despeje o molho dentro dos frascos. Use uma concha grande para tornar o processo mais limpo e fácil. Encha os frascos, deixando apenas 6,5 mm de espaço livre (espaço vazio) no topo de cada frasco.. Misture 2 colheres de sopa de suco de limão em cada um dos três frascos contendo molho de tomate. O suco de limão é um forte conservante natural e irá evitar que o seu molho de tomate estrague. Tampe os frascos. Certifique-se de que as tampas estejam bem apertadas, mas evite apertá-las em excesso, pois isso pode danificá-las ou danificar os frascos. Limpe qualquer excesso de molho com um pano de prato limpo e seco. Coloque os frascos dentro de uma panela especial de conservas com água fervente. Certifique-se de que eles estejam bem posicionados para que não escorreguem ou batam uns contra os outros. Encha a panela de conserva com água suficiente para cobrir completamente os recipientes com, pelo menos, 2,5 cm de água. Leve a água para ferver. Tampe a panela e deixe ferver até que os frascos estejam selados. O tempo necessário para ferver os frascos variará dependendo da altitude do local onde você mora. Remova os frascos com uma pinça. Deixe secar e esfriar em uma área sem correntes de ar durante a noite. Não toque nos frascos durante a secagem. Verifique a vedação. Pressione o centro de cada tampa. Se não houver movimento, os frascos estão bem vedados. Se a tampa mover para cima e para baixo ou produzir um som de estalo, eles não estão vedados. Você terá que aquecer o conteúdo do frasco antes de tentar vedá-los novamente.