Como Fazer Dinheiro

Como Fazer DinheiroDesde a antiguidade, o ser humano procura forma de enriquecer. Na idade média, Alquimistas passaram toda a sua vida estudando e pesquisando sobre a “pedra filosofal”, um objetivo mágico capaz de transformar qualquer metal em ouro. Não existe fórmula mágica. Nunca acredite em esquemas para enriquecer rapidamente, porque invariavelmente são golpes. A única forma infalível de ganhar dinheiro é estudar, arrumar um trabalho e se dedicar. Claro que existem áreas que pagam melhor que outras, mas sempre vai ser necessário uma grande dose de estudo e muito esforço.

1. A menos que você nasça em uma família rica e possa viver o resto de sua vida da fortuna acumulada pelos seus antecessores, você vai precisar estudar. Um estudo da Fundação Getúlio Vargas feito em 2008 comprova que a cada ano de estudo a mais, o salário do indivíduo aumenta em média 15%. Isso significa que você parar seus estudos no ensino fundamental, você tem grandes chances de viver o resto de sua vida na pobreza, sobrevivendo de salário mínimo.”O salário médio nacional de uma pessoa sem qualquer instrução é de R$ 401, enquanto o de um trabalhador com 18 anos de escolaridade chega a R$ 5.027. Isto dá uma diferença média anual de 15%”, detalha Marcelo Neri, coordenador do estudo.O salário de uma pessoa com pós graduação, por exemplo, pode chegar a ser 50% maior do que de uma com somente o ensino superior completo.

2. Podemos ver então que a única forma segura de assegurar uma melhor renda é o estudo. Quanto mais você estuda, maior o seu salário será. Nunca pare de estudar. Assim que terminar o ensino médio, comece a faculdade. Se não puder fazer faculdade, tente um curso técnico. Invista em cursos de idioma e computação, que enriquecem o seu currículo.

3. Outra boa opção são os concursos públicos. Todos os anos são abertas milhares de vagas para ingressar no funcionalismo público. Em 2012 existe a previsão de serem preenchidas mais de 70.000 vagas em diversas instituições. A maior parte dessas são para pessoas que possuem o ensino médio completo. O maior atrativo dessas vagas são os salários, acima da média de mercado para pessoas com esse nível de instrução, e possuem vários benefícios e uma estabilidade maior do que em empresas privadas.