Como Fazer Cálculos Trabalhistas

Como Fazer Cálculos TrabalhistasComo os cálculos trabalhistas das empresas são realizados por contadores contratados pelas mesmas, é comum que as pessoas não se interessem em realizar tal tarefa. Se você não é um desses e tem sim o interesse em aprender a realizar cálculos trabalhistas, ou precisa aprender, iremos dar dicas para realiza-los e encontrar os números de maneira mais simples e objetiva.

  • Rescisão de contrato de trabalho – no caso de o contrato ser rescindido antes do fim, por ambas as partes, deve ser calculado o valor da multa a ser taxada por rescisão do contrato. A rescisão depende do tempo do período que o contrato já vale e de como ele foi rescindido (pedido de demissão, demissão com justa causa, demissão sem justa causa, falecimento, rescisão com cumprimento de aviso prévio etc.). É bom lembrar que em casos de término determinado de contrato, não há multa rescisória. Há ainda o caso de acordo entre empresa e funcionário, que embora não seja previsto em lei, como o nome diz, trata-se de um acordo entre as partes.
  • Décimo terceiro salário – o décimo terceiro salário é um abono anual que o empregado recebe além dos doze salários do ano. Será um salário mínimo no caso de trabalhador que recebe por comissão e um salário padrão no caso de assalariados.
  • Férias – o período de férias é remunerado com um salário do empregado. Como no décimo terceiro salário, em caso de comissionados, paga-se um salário base.
  • Valor de hora-extra – a hora-extra tem o valor de uma hora de trabalho somada a 50% da mesma.

Assim, podemos entender melhor como funcionam os cálculos trabalhistas. Lembre-se sempre que cada caso é um caso e cada empregado e empregador fará cálculos diferentes, pois serão ocasiões diferentes. Se você julgar que os valores não condizem com a ocasião, procure o contador da empresa.