Como Fazer Bijuterias

Como Fazer BijuteriasSe você gosta de acessórios aprender a fazer bijuterias pode ser uma ótima maneira de variar o look, passar o tempo e quem sabe até um bom complemento de renda. Com um material de bom gosto e bastante criatividade você pode criar peças lindas e exclusivas. Veja como fazer bijuterias e libere seu lado empreendedor.

1. Observe suas peças. Pegue as suas bijuterias (brincos, colares, anéis e pulseiras) e as observe. Veja quais os materiais foram utilizados, a quantidade e como foi feita a sua montagem. No início parece complicado, mas logo você verá que não é impossível.

2. Vá a uma loja de montagem. Há muitas lojas especializadas em venda de peças para a montagem de bijuterias, pesquise uma perto de você. Leve algumas de suas peças para mostrar a vendedora o que deseja comprar, caso ainda não saiba o nome dos materiais. Compre o material que achar necessário, mas não invista em muita coisa para não gastar dinheiro desnecessário com peças que não irá utilizar, monte as primeiras peças e depois com mais prática vá sentindo o que realmente precisa ser adquirido.

3. Tenha paciência. As primeiras peças vão requerer paciência, pois darão mais trabalho e talvez não fiquem com o resultado esperado devido à falta de prática, mas com treino você vai sentir que ficará cada vez mais fácil.

4. Busque referências. Esteja sempre antenado a revistas, vídeos, matérias ou qualquer coisa relacionada com técnicas de fazer bijuterias, isso faz com que você aprenda truques novos e recicle suas ideias.

Veja os materiais e as peças mais utilizadas na fabricação de bijuterias.

Materiais:

  • Alicate bico redondo, alicate bico chato, alicate de corte, tesoura, cola, régua ou fita métrica.
  • Cola: normalmente usa-se cola própria para joias e bijuterias.
  • Fios de nylon: material maleável e transparente usado para dar sustentação à pulseiras e colares.
  • Fios de silicone: material maleável, elástico e transparente usado normalmente em pulseiras ou anéis dispensando fechos.

Peças principais:

  • Terminais: usados nas pontas de fios para acabamento de fechos.
  • Argolas: usadas para unir peças. São encontradas abertas ou soldadas.
  • Alfinetes: sustentam contas para formar pingentes.
  • Contrapinos: sustentam contas para formar pingentes ou entremeios.
  • Entremeios: são usados para intercalar com outros materiais como contas de plástico, murano, metal, pedras, pérolas, etc.
  • Fechos: usados no fechamento de colares, pulseiras, e tornozeleiras.
  • Correntes: serve como base alongadora para colares e pulseiras.
  • Fios: podem ser usados para substituir contrapinos e alfinetes, servindo como sustentação de contas.
  • Tulipas: usadas para segurar a conta nos alfinetes ou fios, dando-lhe melhor acabamento.
  • Base Pingente: servem como acabamento para contas do tipo pingente.
  • Pingentes: Podem ser pendurados em pulseiras e colares para enfeitá-los.
  • Hastes: usados como complementos para brincos, estruturando-os.
  • Base para brincos: são peças de metais como a prata ou níquel que servem para composição de brincos. Podem ser em formato de gancho ou pino (com tarracha).
  • Separadores: usados para separar segmentos de contas em colares ou pulseiras.
  • Extensores: usados para alongar colares ou pulseiras.
  • Contas, elos e canutilhos: peças de metal, pedras, pérolas, etc que são usadas em praticamente todas as produções intercalando-se com outros materiais.
  • Conduítes: usados para dar acabamento antes de colocar o fecho em colares ou pulseiras.