Como era o Carnaval Antigamente

Como era o Carnaval AntigamenteQuem vê o carnaval de hoje não imagina nem um pouco como era as festas de antigamente. As animações, spray de espuma, serpentinas e nada disso existiam. Para ser mais realista e falar a verdade, o carnaval atual e o carnaval de antigamente não tem nada a ver. As festas mudaram, as danças mudaram, as músicas mudaram, enfim, tudo mudou e ficou mais diferente. Mas, aqui vamos falar um pouco de como era o carnaval de antigamente para que você veja a diferença das festas e conheça um pouco mais sobre a cultura carnavalesca.

1. Vestuário das pessoas nas épocas de carnaval. Hoje quando pensamos em carnaval, a primeira coisa que vêm na mente é a nudez como traje principal de carnaval. Mas, antigamente isso era muito diferente, pois as pessoas se cobriam praticamente inteiras e colocavam máscaras para dar um ar de mistério e intrigar outra pessoa para saber quem é que estava por trás daquela máscara.

2. Blocos populares de rua. Hoje os grandes desfiles das escolas de samba nem se assemelha com os de antigamente. Com muito menos pompa e muito menos investimento, os blocos de carnaval passavam pelas ruas e fazia muito sucesso entre as pessoas que iam o seguindo até ele parar, pois esse era o real divertimento nessas épocas. Em algumas cidades interioranas esse ritual ainda permanece.

3. Um dos principais atrativos chamado entrudo. As pessoas se divertiam muito com o entrudo, que era uma guerra de limões de cheiro entre as pessoas. Isso fazia muito sucesso na época pela alegria que era compartilhada nessas “guerras”. Esse divertimento era saudável pelo fato desses limões de cheiro ser feitos a base de cera com um recheio de água perfumada e quando era atirada nas pessoas se quebravam e deixavam um cheiro agradável.

Essas são as principais características do carnaval de antigamente. Se você não sabe como comemorar o seu próximo carnaval, tente retomar esses pontos da cultura carnavalesca e torne a sua comemoração muito mais divertida.