Como Enfrentar o Medo

Como Enfrentar o MedoAté um século atrás, as doenças e transtornos psicológicos não conheciam as diversas nomenclaturas de fobias que existem hoje. São os males da modernidade. São inúmeros de fobias existentes hoje. A boa parte pode ser evitada com acompanhamento clínico ou com mudanças de hábitos. Afinal, o medo só existe porque é um sentimento inerente à condição humana. Nesse post você vai ver algumas dicas de como enfrentar o medo.

1. Encare sua situação de medo. Os medos mais frequentes na nossa sociedade contemporânea, estão direta ou indiretamente ligados ao medo de atividades que envolvem capital econômico, exigência por performance adequada ou expectativa em ser aceito pelo grupo a qual estamos inseridos ou desejamos nos inserir. O medo só vence tentando. Vá aos poucos, busque um degrau de segurança por vez. Vá demonstrando que você está ali e que possuí sim suas competências.

2. Não se afobe. Ao enfrentar uma determinada fobia, temos a sensação de que uma vez colocada em jogo a razão do seu medo, logo estaremos livre do mesmo. Entretanto, o medo pode voltar em outras situações de medo e risco. Nesse caso é bom que você esteja atento as necessidades de consciência em relação ao seu cotidiano.

3. Busque ajuda psicológica. Quando o medo ultrapassa barreiras da socialização e nos impede de levar uma vida normal é a hora de buscar ajuda psicológica a fim de acompanhar. Você pode estar sofrendo de algum tipo de fobia como síndrome do pânico, fobia social. E nesses casos realmente só o acompanhamento psiquiátrico e psicológico pode determinar o grau de gravidade do transtorno que você está passando.

4. Fique atentos a sinais de familiares e parentes. Os primeiros a perceberem os sinais de distúrbios são nossos parentes e amigos. Perceba e leve em consideração se passarem a falar que você não anda normal, se perceberem que você evita todos os convites para sair.