Como Educar seu Filho Sozinho

Como Educar seu Filho SozinhoÀs vezes, pode parecer que é preciso uma aldeia para educar uma criança, Pais solteiros coloca desafios para a mãe, mesmo o mais organizado ou pai, e sem uma mão extra, pode parecer uma tarefa assustadora. É fundamental que você reconheça que a vida muda com a chegada de um bebê e chegar a conclusão de que isso é uma coisa positiva. Com força de vontade e determinação você conseguirá dar conta de ser mãe ou pai solteiro. Nesse post você vai ver algumas dicas de como superar os desafios de criar um filho sozinho.

1. Enfrente os desafios. Uma mãe solteira pode sentir o aumento do estresse devido a ter de encontrar o cuidado infantil, o trabalho e os cuidados para o seu bebê, bem como a culpa por não conseguir gastar o tempo necessário que gostaria para com o bebê. Todos esses fatores podem interferir na criação de um vínculo com o bebê ou fazer com que a mãe se senta mais culpada e colocá-la em maior risco de depressão pós-parto.

2. Não desperdice as horas de sono. A privação do sono pode aumentar a intensidade do risco de uma mãe solteira de depressão. Os desafios são muitas vezes agravados em uma situação de solidão porque ele ou ela muitas vezes não tem o apoio emocional e logístico para lidar com as dificuldades, principalmente quando necessário acordar de madrugada para alimentar o bebê, por exemplo. O processo de crescimento pode desencadear descargas  emocionais  como o sentimento de envelhecimento e solidão.

3.Tente um equilíbrio financeiro. Com apenas uma fonte de renda é quase certo o aumento de problemas financeiros, o que por sua vez também pode ser um fator de estresse emocinal. A sensação de incapacidade em gerir a própria vida e o futuro do filho. A mulheres são as que mais sentem distúrbios emocionais em situações onde vão precisar cuidar dos filhos e do lar sozinha, principalmente porque ela não tem o conforto de um cônjuge em quem ela pode compartilhar suas preocupações e encargos financeiros. Se você está em dificuldade financeiro, procure e opte por programas gratuitos como por exemplo o passeio em parque. Pratique atividades junto com seu filho: ensina-lo a andar de bicicleta pode ser uma atividade saudável e de afetividade entre vocês dois.

4.Tente manter sua vida social. Com o passar do tempo as crianças crescem e passam a se envolver em esportes, dança ou aulas de música. É necessário que todos os pais tenha capacidade de aprender o equilíbrio para gerir eficazmente esta nova etapa da vida. Crie os filhos para a vida e mantenha-se presente no meio social. Conversar e sair com outras pessoas é uma ótima oportunidade de sair da rotina, desabafar e distrair um pouco a cabeça.