Como é Feito o Exame de Próstata

Como é Feito o Exame de PróstataExame de próstata, o terror de muitos homens não passa de um exame simples que demora menos que 15 segundos e deve ser feito apenas uma vez ao ano.

Uma pesquisa realizada no Brasil sobre o assunto, cerca de 75% dos homens sabe o que é o exame, sua importância e o que ele detecta, porém apenas 34% já haviam feito o exame, essa situação piora no nordeste brasileiro e nas classes mais baixas.

O motivo para tantos homens não realizarem o exame? Preconceito e medo. O que deve ser levado em consideração é que o câncer de próstata não tem preconceito com nenhum homem e fez mais de 50 mil vítimas só em 2012.

Por isso, ao invés de ficar com medo ou cheio de preconceito, informe-se sobre o assunto e marque uma consulta com o urologista.

Quem deve fazer o exame

Homens acima de 45 anos de idade, porém se você já tem histórico familiar de câncer de próstata, o exame deve ser feito a partir dos 40 anos.

Repita o exame anualmente, mas se o exame não apresentar nenhuma alteração após 3 anos consecutivos, ele pode ser feito de dois em dois anos.

Como é feito o exame exatamente

São duas etapas: o exame de toque e o de sangue, provavelmente você quer saber como é feito o de toque certo, então vamos a ele.

Após marcar o exame, você se apresentará na sala do urologista para fazer o exame.

O urologista pedirá para você tirar a calça e a cueca e colocar um avental que ele te dará.

Você deverá se inclinar sobre a maca (ou outro aparato) e o médico, com as mãos enluvadas e um pouco de lubrificante, introduzirá o dedo indicador no seu ânus para tocar sua próstata.

O objetivo é sentir se há algum nódulo endurecido na próstata, caso algo seja detectado será preciso fazer um ultrassom transretal com biópsia.

O toque dura apenas alguns segundos e não é doloroso como você imagina.

O que ele detecta

O exame de próstata tem o objetivo de identificar a presença ou não de tumores malignos na próstata.

Só o exame de sangue não resolve o assunto

Não, os exames são completares.

O exame de sangue é usado para detectar os níveis de PSA (Antígenos Prostático Específico), caso ele esteja elevado é preciso fazer o exame de toque para detectar a presença de nódulos na próstata e só assim constatar se o tumor existe ou não.

Por isso não adianta fazer apenas o exame de sangue, é preciso fazer ambos os exames para ter certeza de que sua saúde está em dia.

Vale lembrar que ao detectar o câncer com antecedência as chances de cura são maiores que 95%, mas se você esperar sentir algum sintoma para fazer o exame as chances reduzem muito, uma vez que os sintomas só aparecem quando o câncer está muito avançado.