Como é Feita a Ultrassonografia Pélvica Endovaginal

Como é Feita a Ultrassonografia Pélvica EndovaginalSe seu ginecologista te encaminhou para fazer uma ultrassonografia pélvica endovaginal, não fique chocada com o palavrão, não se trata de um exame complicado ou doloroso.

Para tirar suas dúvidas, leia as informações abaixo.

O que é?

A ultrassonografia pélvica endovaginal ou transvaginal é um exame realizado0 através da introdução intravaginal do transdutor do equipamento ultrassonográfico, permitindo observar os detalhes anatômicos do útero e dos ovários em pacientes não-virgens.

Para proteção da paciente, o transdutor é revestido com um preservativo colocado pelo médico imediatamente antes da realização do exame, é realizado com a bexiga vazia.

Devido as características deste transdutor e da maior proximidade com os órgãos pélvicos, este exame permite observar pequenos detalhes não vistos pela ultrassonografia pélvica com a bexiga cheia, como a integridade do endométrio e miométrio, pequenos nódulos uterinos e ovarianos, sejam eles cistos funcionais ou nódulos sólidos.

Pacientes virgens podem realizar este exame?

Não é recomendável, pois nestas pacientes os órgãos pélvicos podem ser estudados pela ultrassonografia pélvica transabdominal com a bexiga cheia.

Se houver necessidade de um estudo mais detalhado, o médico solicitante deverá recomendar um exame por via transretal.

Informações adicionais

O exame dura de 10 a 15 minutos.

Preparo – não é necessário preparo para realização do exame, deve ser realizado depois do Papanicolau e colposcopia para que o gel utilizado na ultrassonografia não interfira na coleta de material destes exames.

Necessário estar com a bexiga completamente vazia. Recomenda-se trazer os exames anteriores para estudo comparativo.