Como Debater temas Polêmicos em Sala de Aula

Como Debater temas Polêmicos em Sala de AulaAlguns professores acreditam que não é conveniente debater temas polêmicos em sala de aula por causa das diversas reações e os acalorados debates que isso pode resultar.

Temas envolvendo política, religião ou ética são os mais complicados e por isso mesmo evitados, porém é um erro acreditar que os alunos sairão dos controle por causa do tema debatido, tudo depende de como o debate será conduzido pelo professor.

Vladímir Propp, um teórico literário russo, faz uma interessante afirmação em seu livro Comicidade e Riso, ele diz que temas polêmicos não devem ser debatidos se a intenção não for chegar a uma verdade ainda não dita ou pensada por meio de novos prismas.

Essa visão é bem interessante, pois desqualifica a polêmica pela polêmica, afinal de que adianta discutir sobre o aborto, a legalização das drogas ou a corrupção na política se não for baseado em diferentes teorias e visões que não aquelas do senso comum?

Os temas devem ser colocados de forma direcionada, mas sempre deixe espaço para que os alunos se expressem.

Em geral as opiniões são muito parecidas, isso se dá devido a massificação de ideias disseminadas pela mídia e outros meios de comunicação que sempre se repetem, por isso é interessante trazer para sala de aula textos teóricos e opiniões de críticos especializados e embasados.

Discutir temas polêmicos é muito produtivo, pois todos querem dar uma opinião, o papel do professor é ouvi-las e direcioná-las, mostrando os pontos negativos e positivos, bem como as incoerências e aquelas ideias que realmente fazem sentido.

O mais importante é planejar muito bem a aula, pesquisar textos, opiniões diversas e outros materiais que possam fundamentar as teorias levantadas.

E este é um dos motivos que fazem com que os professores desistam de trabalhar com este tipo de tema, ele dá mais trabalho do que os temas fúteis e usuais que nos propomos a discutir.

Vale a pena vencer a inércia e inovar sua maneira de dar aula.