Como Criar Peixe

Como Criar PeixeA criação de peixes é uma importante missão que pode muito ser desenvolvida com vários intuitos o de melhorar a qualidade da alimentação e até a renda dos familiares. Para criar peixes não precisa ter especialidade de mão de obra, este seguimento não cria obstáculos suas atividades podem ser desenvolvida por todos os outros membros da  sua família que não estejam ocupados durante todo o dia. A piscicultura é bem simples, mas necessita cumprir alguns critérios técnicos e importantes para obter de produtos de alta qualidade, além de evitar os desperdícios. É possível complementar a alimentação dos peixes utilizando sobras do que é produzido na propriedade. Ou seja seu custo é muito menor que outros tipos de criação. Pode criar peixes também para enfeitar a sua casa com um belo aquário.

1. Necessidades Básicas

Os peixes precisam de obviamente água, oxigênio, alimentação e segurança. Para poderem ficar do tamanho certo e se multiplicarem. Caso contrário os peixes podem até emagrecer ou mesmo morrerem por falta de apropriação do local.

2. Água E Oxigênio

A água deve sempre estar limpa para que tenha oxigênio se você preferir em seu aquário coloque uma bombinha ar na água para que seus peixem durem mais tempo de vida e sua água deve ser trocada toda semana. Se for formada uma ‘bacia’ de água você deve colocar água limpa e com muito oxigênio e a toca de água deve ser feita todo mês, para preservar a vida por seus peixes.

3.Alimento

Existem rações feitas para peixes que você compra em qualquer casa de ração, nunca coloque na água mais ração do que os peixes possam comer pois isso pode fazer a água ficar suja mais rápido e poluindo a água, faz com que o oxigênio saia e isso implica na segurança da vida dos peixes e a falta disso pode causar a sufocação. Caso seja em um viveiro, você pode dar outros tipos de comidas como frutas e outras rações.

4. Segurança

Para que seu peixa viva bem é preciso ter cuidado com as espécies que coloca dentro do viveiro ou aquário e manter todos fora do alcance de seus predadores naturais. Algumas espécies de peixes só conseguem viver sozinhos como o Betta. Não coloque peixes grandes e carnívoros dentro do viveiro ou aquário. No viveiro é importante saber o sexo dos peixes pois existem espécies que se multiplicam muito rápido e isso implicaria na segurança dos peixes já que um viveiro muito cheio, pode causar falta de oxigênio e levar a sufocação dos peixes.