Como Consultar Um Processo Trabalhista

Como Consultar Um Processo TrabalhistaA justiça do trabalho é o ramo da justiça que trata única e exclusivamente de relações trabalhistas que são caracterizadas pela relação entre empregado e empregador. Quando uma das partes deixa de cumprir suas obrigações preestabelecidas pelo contrato de trabalho então é a hora de procurar um advogado trabalhista e ir à luta pela reivindicação legal dos seus direitos.

Uma vez abertos, o andamento desses processos é preciso ser acompanhado e aqui vamos ensinar passo a passo como consultar o processo trabalhista, fazendo esse acompanhamento on-line.

1. Procure na web o site do tribunal da região a qual o processo foi aberto e está em andamento – Existe pelo menos um Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em cada Estado Brasileiro e um site específico para cada um deles, segundo suas regiões. São eles:
TRT da 1ª Região – Rio de Janeiro – RJ;
TRT da 2ª Região – São Paulo – SP;
TRT da 3ª Região - Belo Horizonte – MG;
TRT da 4ª Região – Porto Alegre – RS;
TRT da 5ª Região – Salvador – BA;
TRT da 6ª Região – Recife – PE;
TRT da 7ª Região – Fortaleza – CE;
TRT da 8ª Região – Belém – PA;
TRT da 9ª Região – Curitiba – PR;
TRT da 10ª Região – Brasília – DF;
TRT da 11ª Região – Manaus – AM;
TRT da 12ª Região – Florianópolis – SC;
TRT da 13ª Região – João Pessoa – PB;
TRT da 14ª Região – Porto Velho – RO;
TRT da 15ª Região – Campinas – SP;
TRT da 16ª Região – São Luis – MA;
TRT da 17ª Região – Vitória – ES;
TRT da 18ª Região – Goiânia – GO;
TRT da 19ª Região – Maceió – AL;
TRT da 20ª Região – Aracaju – SE;
TRT da 21ª Região – Natal – RN;
TRT da 22ª Região – Terezina – PI;
TRT da 23ª Região – Cuiabá – MT;
TRT da 24ª Região – Campo Grande – MS;

Se o processo estiver em andamento como recurso na instância superior, o Tribunal Superior do Trabalho (TST), é preciso consultar o site do Supremo Tribunal.

2. Procure pela opção “Consulta processual” – Geralmente a opção vem em destaque para facilitar a procura, mas caso não encontre, procure entre as opções de “serviços judiciais”. Uma vez que se clica no link, uma outra página se abre e nela você deve preencher os dados como CPF, CNPJ, nome do advogado e etc.

3. Entre em contato com o Tribunal através dos dados disponibilizados pelo site  - Caso não consiga encontrar seu processo ou não entenda o resultado da pesquisa, procure entrar em contato com o próprio tribunal, uma vez que a linguagem utilizada pelo site é a linguagem jurídica.