Como Conquistar um Menino

Como Conquistar um MeninoNo nosso despertar para a sexualidade pode ser dificil admnistrar os desejos com as relações sociais que os envolvem. Você está morrendo de amores por aquele menino com quem nunca falou? Ou por um conhecido para quem não consegue se declarar? Neste artigo vamos falar sobre como conquistar um menino, para que você possa visualizar o jogo em que se encontra.

1. Observe-o em seu comportamento. Isso vai ajudar a formar dele um certo tipo de perfil (ainda que seja bastante superficial, um simples reconhecimento) – se é timido ou extrovertido, esportista ou intelectual, sociável ou anti-social etc. Você pode passar um tempo nesta observação mas preste atenção às idealizações: nossa tendência é criar um perfil de perfeição quando os sentimentos participam deste reconhecimento. Lembre-se apenas de que este reconhecimento é feito por sua percepção da pessoa, ou seja, sua mente estará preencendo as lacunas daquilo que não se sabe da pessoa, portanto o perfil é tanto inspirado na percepção real da personalidade da pessoa quanto idealizado pela projeção sentimental.

2. Aproxime-se dele. Após ter já uma idéia da personalidade do menino tente uma aproximação, desde um “olá” quando se encontram até uma conversa sobre algo. Em uma conversa poderão sentir o jogo frente à frente. Não se imponha totalmente nem deixe que ele o faça. Uma conversa equilibrada é ideal mas isso raramente acontece. A conversa, quando pendida para um dos pólos (você e ele) é uma outra esfera da conquista: sempre um dos dois estará no controle da relação que se instaura na conversa. Você pode jogar com isso, o que pode ser bastante divertido. Tente alcançar uma amizade, dentro da espontaneidade.

3. Tente estar a sós com ele. Não é tão difícil quanto parece, vá com ele em algum lugar calmo e reservado. Você pode utilizar de argumentos ou justificativas imaginárias para justificar esta idéia, se estiver com muita timidez à respeito. A partir deste momento, quando estiverem a sós num lugar as conversas ganharão um ar diferente, subliminar. Esta esfera é bastante rica se você souber observar os sinais. A conversa passa a acontecer em cima de contextos sub-entendidos, de ambiguidades preciosas. Trata-se de se explicitar o interesse de um pelo outro de uma forma velada, metafórica – ou ainda de forma direta e expressiva. Quando a conversa for esquentando o silêncio se aproxima. Do silêncio nascem os beijos – é hora de fechar os olhos e beijá-lo, da forma que lhe for mais natural.

4. Mantenha o jogo da conquista. Se as coisas derem certo a ponto de vocês ficarem, e disso decorrer de encontros mais frequentes e apaixonados, não se acomode na conquista realizada. A representação que ele tem de você pode mudar dastricamente se perceber que aquela que vê atualmente é muito diferente daquela que o conquistou, no sentido das características de sua personalidade. Isso não significa que você deva se moldar à representação que ele tem de você, mas simplesmente continuar o jogo dos pólos para que a coisa não esfrie.

No mais, deixe as coisas acontecerem.
Boa sorte.