Como Calcular Metros Cúbicos

Como Calcular Metros CúbicosMetros cúbicos servem para medir corpos sólidos, que possuem três medidas lineares: comprimento, largura e altura. Se o metro quadrado consiste no metro elevado a segunda potência (m2), metro cúbico nada mais é do que o metro elevado a terceira potência (m3), ou seja, um cubo cujas medidas lineares de comprimento, largura e altura possuem um metro. Portanto, é através deste cubo, do metro cúbico e de seus múltiplos e submúltiplos que vamos chegar ao volume dos corpos sólidos.

Para calcular metro cúbico de um sólido, basta multiplicar as medidas lineares: comprimento X largura X altura = volumes.

A seguir estão orientações para realizar o calculo do metro cubico em diferentes sólidos, como o cubo, o paralelepípedo, cilindro, cone, pirâmide e esfera.

1. Cubo - Calculemos o volume de um cubo que mede 5 m de aresta como exemplo. Você já deve saber que o encontro de duas faces de um sólido chama-se aresta. É através das arestas que temos o comprimento, a largura e a altura de um sólido. Um cubo, portanto, é um sólido com arestas quadradas.
Para encontrar o volume do cubo, vamos usar a fórmula dada:

Comprimento X largura X altura = volume:
5 m X 5 m X 5 m = 125 m³

2. Paralelepípedo - Para calcularmos o volume de um paralelepípedo (sólido com arestas retangulares), faremos uso do mesmo procedimento. Dado um paralelepípedo que mede 12 m de base (comprimento), 5 m de largura e 4 m de altura, vamos encontrar o volume:

12 m X 5 m X 4m = 240 m³

3. Cilindro - sólido limitado por duas superfícies planas, circulares e iguais.
Para calcular o volume do cilindro, primeiro é preciso calcular a sua área, que é dada pela fórmula π R², onde π (pi) é igual a 3,14 e R² é igual área ao quadrado. Encontrado a área do volume, multiplique-a por sua altura. Pronto, temos outra formulazinha para acharmos o volume do sólido cilindro, que é:

πR² X altura = volume do cilindro.

Vamos tomar, por exemplo, um cilindro que tenha 5 m de raio e 20 m de altura.

Para achar o seu volume, vamos usar a fórmula πR² X h:

3,14 X 5² X 20 = volume
3,14 X 25 X 20 = volume
78,5 X 20 = volume
1570 m³ = volume

4. Cone - Para o volume do cone, que como se sabe tem a terça parte de um cilindro cuja base tenha o mesmo raio e a mesma altura, usamos a seguinte fórmula:
πR² X h : 3

Calculemos o volume de um cone que tenha 22 cm de altura e 5 cm de raio:

3,14 X 5² X 22 : 3 (não se esqueça de dividir por 3 porque o volume do cone é a terça parte do cilindro).

5. Pirâmides - Para calcular o volume de pirâmides que tenham base triangular, retangular, quadrada ou qualquer outra, devemos multiplicar a área da base pela altura e depois dividir por 3 (área da base X altura) : 3 = volume da pirâmide.

Como exemplo, o volume de uma pirâmide de 20 m de altura, cuja base retangular tenha 12 m de largura por 17 m de comprimento:

(área da base X altura) : 3 = volume
(12 X 17 X 20) : 3 =
(204 X 20) : 3 =
4080 : 3 =
1360 m³

6. Esfera – A formula é bastante simples. (4 X πR³) : 3  = volume de esfera
Calculemos agora o volume de uma esfera de 5 cm de raio:

(4 X 3,14 X 5³) : 3 =
(4 X 3,14 X 125) : 3 =
1570 : 3 =
523,3 cm³