Como Calcular Juros

Como Calcular JurosOs juros são quantias calculadas de acordo com o tempo de empréstimo de dinheiro. Este valor é expresso por meio de uma porcentagem, que pode aumentar à medida em que avança o tempo ou, conforme o caso, simplesmente permanecer estáticos. Existem dois tipos de juros: os simples e os compostos.

Neste artigo vamos falar sobre como calcular juros.

Juros Simples

Os juros simples são aqueles que não são somados ao capital durante o tempo empregado. Isso equivale a dizer que esse tipo de juros é constante com o passar dos dias, meses ou anos, conforme for a unidade de tempo considerada.

Exemplificando: Suponha que o capital seja R$ 500,00, e que este renda juros de 10% ao ano. Isso quer dizer que a cada ano a taxa dos juros será a mesma (10%). Ou seja:

Se o capital é de R$ 500,00 e a taxa é de 10%, quanto renderá em 5 anos?

Para este cálculo, observemos a fórmula para se obter os juros simples:

J = C. i. t  / 100

onde,

J = juros

C = capital empregado

i = taxa de juros

t = tempo transcorrido desde o empréstimo

Divide-se o resultado por 100 em razão dos juros serem dados em porcentagem.

Aplicando-se a fórmula ao exemplo anteriormente citado, temos:

J = 500.10.5 / 100 = 250

Ou seja, o capital de R$ 500,00 durante 5 anos, em uma taxa de 10% rende R$ 250,00.

Juros Compostos

Os juros compostos, por outro lado, aumentam á medida do tempo transcorrido, ou seja, não são constantes. Os juros compostos são juros sobre juros. Desse modo, os juros obtidos a cada instante do empréstimo serão somados ao capital empregado inicialmente. Trata-se, neste caso de calcular a soma (ou montante), obtido pela aplicação de um valor principal  durante o momento inicial, submetido a uma taxa de juros dada durante n períodos.

Observe a fórmula para os juros compostos, onde se obtém o valor do montante:

Sn = P (1+i)n

onde,

Sn = valor da soma (montante) em um período determinado (n).

P = valor principal

i = taxa unitária (de acordo com o período)

n = número de períodos de aplicação

Dessa forma, transpondo o primeiro exemplo para o caso dos juros compostos, temos um valor principal de R$ 500,00, que é submetido a uma taxa unitária de 10% ao ano. Para calcular o montante em 5 anos, calculamos:

Sn = 500 (1+0,1)5 = 2750

o montate será de R$ 2750,00 no 5º ano, pois:

em S1 = 500(1,1)1 = 550

em S2 = 500(1,1)2 = 1.100

e assim por diante.

Adequação da unidade de tempo

Para a realização destes cálculos, em ambos os casos, é preciso lembrar que temos que adequar a unidade de tempo conforme a unidade considerada. A unidade deve sempre se referir ao ano, pois assim a taxa é expressa.

Exemplificando: se quisermos calcular os juros de um capital de R$ 500,00, submetido a uma taxa simples de 10% ao mês, durante 5 meses. Devemos proceder da seguinte forma, sendo que 1 ano tem 12 meses:

J = 500.10.(5/12)

de forma análoga, se calcularmos por dia, teremos, por exemplo, para um período de 15 dias a seguinte operação, considerando o ano com 365 dias:

J = 500.10(15/365)

E assim por diante.

Esperamos tê-lo(a) ajudado com seus cálculos.

Até a próxima!