Como Abrir uma Empresa – SEBRAE

Como Abrir uma Empresa   SEBRAEDesde o início do sistema capitalista e sua consequente exploração de mão de obra humana, nós desejamos sentar do outro lado da mesa e nos tornar patrões.

Ocorre que não é tão simples assim gerir um negócio, e o Sebrae observando a falta de capacitação administrativa e estratégica dos aspirantes à patrões criou uma série de cursos, palestras e assessorias para passar importantes informações aos que desejam começar um negócio.

Boa parte das empresários de primeira viagem acabam indo à falência por não programar bem suas ações e perdem o controle da empresa. Neste artigo você vai conhecer as principais orientações dada pelo Sebrae para gerir uma empresa.

Decida-se:

Muitas vezes não sabemos que tipo de empresa queremos abrir. Definir o ramo de atuação da empresa bem como sua finalidade é essencial para iniciar seu negócio. O Sebrae indica alguns ramos e áreas nas quais é possível ganhar dinheiro: comércios varejistas, franquias de sucesso, construção civil e biotecnologia são alguns exemplos.

Somente depois de decidir seu ramos de atuação e o tipo de empresa que deseja abrir que será possível reunir o material necessário e listar tudo o que será preciso para iniciar seu empreendimento.

Perfil empreendedor:

Não basta ter o necessário para abrir uma empresa, você deve estar habilitado para tocá-la. Um bom empreendedor está sempre de olho no mercado e nas tendências que dele surgem, existem disponíveis na internet cursos gratuitos de empreendedorismo, mas no próprio Sebrae são oferecidos cursos com temas específicos como “Mulher empreendedora” ou “Aprender a empreender”.

Essa fase é crucial para o bom andamento da empresa, temos exemplos no mercado de empreendimentos sólidos que foram levados ao fracasso por maus administradores.

Pesquisa:

Antes de abrir seu negócio, é necessário uma pesquisa para coletar informações a respeito da sua área de atuação e aspectos físicos do seu empreendimento.

Não se deve dar um passo sem pensar, caso a pesquisa mostre que seu negócio não será rentável é possível mudá-lo antes de começa-lo propriamente.

Informações como concorrentes, público alvo, fornecedores, local para abrir o negócio, escolha de produtos e valores que deverão ser investidos darão uma visão mais ampla da economia e mercado de atuação, daí é possível prever se o negócio dará certo ou não.

Estratégia:

A partir das informações coletadas é possível traçar estratégias de como atingir melhor o público alvo ou como encontrar melhores fornecedores, por exemplo.

A estratégia criada norteará ao menos as primeiras etapas do processo de administração da empresa, com o tempo novas estratégias devem ser tomadas em vista do mercado que está sempre mudando.

Registre:

Após passar por todas essas etapas, registre sua empresa para formalizar o empreendimento.

No Brasil muitas empresas não são formalizadas devido à burocracia e gastos gerados, porém se você deseja que sua empresa tenha um crescimento no mercado é necessário que ela tenha registro.

A empresa formalizada tem mais chances de firmar contratos com fornecedores, obter linhas de crédito e poder ser amplamente divulgada, além disso não haverá a insegurança de ter suas mercadorias tomadas pelo poder público.

Os processos para registrar sua empresa depende da legislação de cada estado, mas qualquer cartório ou sites estatais oficiais podem dar essas informações.