A Carreira Promissora de Jennifer Lawrence

Jennifer Shrader Lawrence nasceu em Louisville, EUA, em 15 de agosto de 1990. Lawrence é descrita como uma das melhores atrizes da nova geração, devido a aclamação da crítica pelos seus trabalhos. Seu primeiro grande papel foi como um membro do elenco principal em The Bill Engvall Show da TBS (de 2007 a 2009) e, posteriormente, ela apareceu nos filmes independentes Vidas Que Se Cruzam (de 2008) e Inverno da Alma (de 2010), pelo qual recebeu indicações para o Oscar, Globo de Ouro, Satellite Award, Independent Spirit Award e Screen Actors Guild Award de Melhor Atriz. Aos 20 anos, ela foi a terceira mais jovem atriz a ser nomeada para o Oscar de Melhor Atriz. Em 2012, ela alcançou o reconhecimento internacional estrelando como a heroína Katniss Everdeen no primeiro filme da série de filmes Jogos Vorazes, uma adaptação do best-seller da trilogia de romances de Suzanne Collins. Seu desempenho nos filmes lhe rendeu elogios da crítica notável e marcou-a como a maior bilheteria de uma heroína de ação até a data.   Aos 22 anos, o desempenho de Lawrence na comédia romântica O Lado Bom da Vida (de 2012) lhe rendeu o Oscar, Globo de Ouro, Screen Actors Guild Award, Satellite Award e o Independent Spirit Award de Melhor Atriz, entre outros reconhecimentos, fazendo dela a mais jovem pessoa a ser nomeada para dois prémios da Academia para Melhor Atriz e a segunda mais jovem vencedora de Melhor Atriz.   Pelo papel de Rosalyn Rosenfeld, no filme Trapaça (de 2013), ela recebeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante, o BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante e sua terceira indicação ao Oscar, como Melhor Atriz Coadjuvante.   Lawrence também é conhecida por interpretar Raven Darkholme, a Mística, nos filmes X-Men: Primeira Classe de 2011, um papel que ela vai reprisar em X-Men: Days of Future Past em 2014. As performances de Lawrence, até agora levaram a Rolling Stone a chamá-la de “a jovem atriz mais talentosa na América.” Em 2013, a Time a nomeou uma das 100 pessoas mais influentes do mundo e ELLE Magazine nomeou a mulher mais poderosa no ramo do entretenimento.